A quiet place

Uma sala vazia, um papel, um lápis, um som ao fundo, no momento é All Time Low – Remembering Sunday, pronto, agora estou totalmente pronta para escrever, contos, vida real, pensamentos, transmitir sentimentos, podemos tudo com a escrita, para mim escrever é como uma terapia, quando não me sinto bem, apenas sento e começo a escrever, parece que tudo o que sentia desaparece logo após as palavras serem escritas no papel, uma letra corrida, mas funciona, o que me assombrava simplesmente some, como se transmitisse para o papel aquele temido sentimento. Porém não escrevo apenas quando algo me machuca, felicidade também é escrita quando sentida, porém acontece ao contrário, escrevo quando estou contente e parece que quando acabo o meu texto estou mais contente ainda, por isso eu digo, meu psicólogo é o papel e o lápis, tudo se resolve quando o ponto final é colocado delicadamente ao final de cada texto.

– Giovanna Melo

Anúncios

Uma resposta em “A quiet place

  1. “Forgive me, I’m trying to find my calling
    I’m calling at night
    I don’t mean to be a bother
    But have you seen this girl?
    She’s been running through my dreams
    And it’s driving me crazy, it seems
    I’m gonna ask her to marry me

    Even though she doesn’t believe in love
    He’s determined to call her bluff
    Who could deny these butterflies?
    They’re filling his gut”

    a parte que eu mais gosto dessa música =]
    Você escreve bem, meu! I like it

    =*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s