Colours in the chaos

 Graças aos olhares abri meu coração e prestei mais atenção no que sinto, não sei se conto a você, tenho medo de fazer comigo o que eu fiz contigo, sei que não fui nada legal, mas naquela época eu estava sofrendo, muito, era como se eu não tivesse sentimentos, como se eu fosse apenas carne e ossos, não pensava, não me abria, apenas sofria, só via preto e branco, as cores sumiram, mas, graças a você não desistir de mim, as cores foram surgindo, o amarelo (perceber que há alguém se importando comigo), o verde (perceber que há sinceridade), o azul (perceber que a paz voltou a reinar), o vermelho (perceber que uma paixão havia surgido) e agora apareceu o rosa (perceber que o amor floresceu), você me fez perceber que havia um mundo maravilhoso bem em frente a mim, porém estava cega demais para poder perceber, para poder abrir os olhos. A, como estou amo as cores.

– Giovanna Melo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s