Cause maybe theres another way

Preciso lhe fazer certa pergunta: Quando a solidão vem chegando de fininho, não avisa a ninguém e toma conta de seu corpo sem nem ao menos você notar que junto com ela veio a saudade, que por sua vez fez questão de expulsar o ânimo, me diga, quem você procura nessas horas? Há aquele certo alguém que saiba enxotar a solidão que está de mãos dadas com a sua amiga saudade de um jeito rápido e eficaz? Você tem a coragem de procurar essa certa pessoa?

Questionamento que está sempre presente, ‘’corro ou não atrás da certa pessoa?’’, porém ele não deveria existir, o questionamento certo é: ‘’Vale a pena?’’ . Com o primeiro nós focamos a pessoa e no segundo deixamos o foco em nós mesmo e é aí que eu lhe dou um conselho, deixe SEMPRE o foco em você, desse jeito estamos optando por aumentar nossa felicidade, fazer o que nos faz bem, pois ao estarmos bem com nós mesmos fazemos as pessoas que estão em nosso redor felizes também.

– Giovanna Melo

Anúncios

Executing the plan

Lágrimas apenas de felicidade, abraços cada vez mais apertados, sorriso maior e mais feliz, beijos cheios de sentimento, conversas mais longas e divertidas, risadas mais altas e mais gostosas, não se chatear com coisas pequenas e concertar as coisas grandes, manter sempre o pensamento positivo em mente, nunca esquecer quem realmente se importa com você, ajudar a todos sem esperar nada em troca, fazer o bem para que assim o bem venha até você. Será essa minha nova meta já em execução a um tempo, porém posso adiantar que certa parte já está dando certo e ao provar esse pouco já conquistado eu digo a vocês que é muito bom e recomendo, façam de minha meta a sua.

– Giovanna Melo

Illusion

Eu não sei de onde veio, não quero ver as ilusões que estão se criando repentinamente e inconscientemente em minha cabeça, elas são claras, eu não quero concertar tudo isso, mas você disse pra eu ter coragem e mudar todo esse cenário e é isso que irei fazer, irei repaginar tudo, não será mais tudo igual, farei tudo de novo, realmente não será mais tudo igual. E agora eu não me importo com o esforço pensando no resultado que terei, ele é recompensador e gratificante, apenas quero chegar logo nele e sentir o gostinho de sucesso, quero ver que eu consigo.

– Giovanna Melo

Secret valentine

E ele era feito de meias palavras, meios sorrisos, meias conversas, meios abraços, meias atitudes, pessoa instável, essa seria a sua definição, talvez por ser livre demais não consegue se decidir, ou talvez por não ser tão livre assim e por falta de prática não consegue. Quem sabe. O mistério o ronda, uma suposta neblina está em seus olhos e faz com que ela não consiga desvenda-lo. Quando diz que sim, parece que diz um não, quando diz que quer parece que diz que não quer, quando diz que sente falta parece que diz que não sente, ele é o mistério em pessoa, ela não sabe se acredita em suas palavras e não leva em conta seus gestos ou se acredita em seus gestos e não leva em conta suas palavras, ela realmente não sabe, ela pensa sempre sobre as atitudes dele e ainda não chegou em uma conclusão, bom, na verdade, ela chegou em uma, mas não sobre as atitudes dele, apenas em relação sobre o que ela pensa dele, ele não precisa dela como ela precisa dele, ele não a quer em sua vida como ela o quer, ele não a vê como ela o vê, ele não quer ter ela como ela quer ter ele, ele não a sente como ela o sente, ele não fica com ela como ela fica com ele. Mas calma, isso era apenas o que ELA achava e não a realidade. A verdade era que ele era feito de meias atitudes por não ter certeza o que ela acharia dele fizesse aquilo… Se não fizesse aquilo…Se fizesse aquilo de um jeito…Se fizesse aquilo de outro jeito… Sim, ele era tímido, mas a amava, sempre amou, em sua cabeça a pessoa instável era ela, a pessoa de meias palavras, meios sorrisos, meias conversas, meios abraços, meias atitudes era ela, ele não fazia a menor ideia dos sentimentos daquela menina. E assim ficaram os dois, por falta de 3 palavras cada um ficou em seu canto achando a mesma coisa um do outro e sentindo a mesma coisa. Se algum deles tivesse a atitude, a coragem de falar essas 3 palavras talvez essa história poderia ter sido diferente, mas, não foi.

– Giovanna Melo

What are you waiting for?

O que você é se esconde atrás do que você sente que se esconde atrás do que você fala, que por sua vez nem sempre mostra o que você realmente é. Se mostre, largue logo esse medo, se as pessoas com quem você anda não gostarem de você qual o problema? Para você será bom, pois desse jeito você verá quem é e quem não é seu amigo de verdade, a partir daí você verá quem quer fazer parte da sua história. Me diga, qual a graça de se esconder? Fazer um estereótipo que não cabe a você. Tire agora essa máscara que cobre seu rosto que deixa apenas os olhos de fora, e é aí que eu digo, você consegue enganar todos se eles não olharem diretamente para o seu olhar, os olhos são a janela da alma, através deles conseguimos ver tudo. Então aproveite isso e se mostre.

– Giovanna Melo

In a quiet room

Ele precisa de uma quarto quieto com uma tranca na porta, apenas um quarto vazio e limpo, tocando um velho violão com sua palheta já gasta com o tempo, preta, ele toca enquanto pensa em tudo o que já passou, tudo o que já vivenciou e está vivenciando agora, pensa no certo, no errado, no sensato e insensato, no passado, presente e também no futuro, o que será de sua vida agora? O que ele fará? Viverá na mesma? Ele quer mudar, mas como ele mudará? E o silêncio continua, nada o incomoda, ouve apenas o som das cordas de seu velho violão batendo em suas unhas, um ritmo tranquilo, ele nunca se apaixonou mas sabe o que é o amor, ele não se importa com isso, não se importa com os outros, apenas com ele mesmo e no que fará, ninguém se manifesta…

– Giovanna Melo

We try to catch up with the world

Duvidas e mais duvidas, será que elas nunca somem? Duvido de você, duvido dele, duvido sobre nós, duvido também sobre eles, duvidar sobre sentimentos, duvidar sobre tormentos, duvidar quando tudo parece afundar, duvidar para nunca mais voltar, elas estão sempre ao nosso redor, nos fazendo questionar e muitas vezes até pirar, tentamos chegar em uma conclusão, mas muitas vezes isso é apenas imaginação, saber a real razão de tudo acontecer não é algo que vamos entender.

– Giovanna Melo